Raça Crioula desperta paixão em membros da família

A edição de novembro do Jornal da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalo Crioulo traz uma reportagem sobre a paixão pela raça, repassada de pai para filho.

Douglas Saraiva, autor do texto, entrevistou Sérgio Ferreira Lima, proprietário da Cabanha Serra Alta, em Canoinhas (SC), que adquiriu seu
primeiro exemplar de cavalo crioulo aos 19 anos. Atualmente seu filho Serginho, de 15 anos, também tomou gosto pelos animais e participa de
competições nas categorias Provas Jovens.

O texto ressalta também o manejo na cabanha. Confira:

O manejo na cabanha é simples e tradicional. Em geral, os animais são inicialmente selecionados pela docilidade – item tido como primordial na
manada. Todos os processos são acompanhados pelo veterinário e discutidos junto à equipe que conta com os tratadores Willian Dransfeld e Edson Batista”.

Leia o texto na íntegra no Jornal da ABCCC.