Pecuarista é multado em R$ 6 mil por crime ambiental

Durante fiscalização ambiental em propriedades rurais do município, Policiais Militares Ambientais de Cassilândia (MS) localizaram uma área de vegetação nativa desmatada ilegalmente, no Distrito de Indaiá do Sul.

O proprietário rural não possuía autorização ambiental para a atividade. Os policiais mediram a área desmatada ilegalmente com uso de GPS, que perfez 6 hectares destruídos. As atividades foram interditadas e o proprietário da fazenda (61), residente Cassilândia, foi autuado administrativamente e recebeu multa administrativa de R$ 6 mil.

Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

Deixe um comentário

Seu comentário será publicado se estiver de acordo com as políticas de publicação do site. Seu e-mail não será publicado.