Marchas da Resistência chega a etapa final

Terminou ontem (8), após 45 dias, sendo 30 dias de concentração, a prova Marchas de Resistência realizada em Jaguarão do Sul (RS).

Vencendo pelo segundo ano consecutivo, o ginete Rodrigo Gonçalves, representante das Cabanhas Odilo Gonçalves e Patuá, ambas de Jaguarão, concluiu os 750 quilômetros da Marcha com a égua Pepita de Santa Elizabeth, em um tempo total de 67 horas, 30 segundos e 13 centésimos.

Conforme o presidente do Núcleo Eudóxio Corrêa, João Pedro Jacques, o destaque da competição foi o expressivo número de animais bem preparados e por consequência um baixo número de animais abandonando a prova.

Para o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos – ABCCC, Manuel Luis Sarmento, o grande desafio de sua diretoria em relação à Marcha de Resistência é tornar a prova mais popular. “Pretendemos ampliar a prova para outras regiões do País, investindo mais em marketing e levando a Marcha para locais estratégicos, como cidades turísticas, dando ênfase para algumas etapas e tornando-a mais atrativa para o público”, informa o presidente ao explicar que a iniciativo é necessária visto ser uma prova de seleção para a raça Crioula, tendo inclusive a mesma pontuação do Freio de Ouro para o Registro de Mérito.

Confira a seguir os premiados por categoria:

Égua menor
1º. Lugar: Pepita de Santa Elizabeth, de Gilberto Gonçalves, tempo: 67’30”13
2º. Lugar: Índia do Rincão da Querência, de Luiz Cézar Silva Rodrigues, tempo: 68’05”11
3º. Lugar: Floreio Kurnikova, de Luis Alberto Martins Bastos, tempo: 69’55”43

Égua maior
1º. Lugar: Maldade do Rincão dos Xucros, de Condomínio Irmãos Zambrano, tempo: 67’43”27
2º. Lugar: Galga do Rincão dos Xucros, Condomínio Irmãos Zambrano, tempo: 67’54”22
3º. Lugar: Hera de São Pedro, de Parceria Agropecuária Rodeio, tempo: 67’55”47

Cavalos castrados
1º. Lugar: Piraí 1133 do Candidato, de Paulo Tavares Móglia, tempo: 68’21”51
2º. Lugar: Truco 233 Maufer, de Maurício e Fernando Lampert Weiand, tempo: 68’30”21
3º. Lugar: Oficial Maragato, de Luiz Gonzaga Barros Salles Filho e Filhos, tempo: 68’53”39

Prêmios particulares

Melhor animal em condições de seguir marchando: Hera de São João
Melhor lombo: Índia do Rincão da Querência
Melhores aprumos: Equatoriana dos Faria, de Parceria Achiehll Faria
Selo de raça: Mandinga Mala Surte, de Bayard Bretanha Jacques
Melhor ginete: Rodrigo Gonçalves
Melhor companheiro: Mauro Rodrigues

Informações ABCCC

Deixe um comentário

Seu comentário será publicado se estiver de acordo com as políticas de publicação do site. Seu e-mail não será publicado.