Leilão Tropa de Elite alcança faturamento de R$ 3,2 milhões

O leilão Tropa de Elite, realizado no dia 2 de agosto, em Porto Alegre, confirmou todas as expectativas. O faturamento foi acima do esperado chegando a R$ 3,2 milhões. A média da venda dos 38 lotes foi de R$ 84 mil por coberturas, prenhezes e animais da raça Crioula.

O destaque da noite do remate promovido pela Cabanha Lagoa do Sol, de Santa Vitória do Palmar (RS) foi a venda de dois embriões de Fuzarca do Itapororó, mãe da multicampeã Oraca do Itapororó.

O valor de R$ 390 mil por um dos embriões, adquiridos pela Fazenda Liscano, da Arroio Grande (RS), considerado recorde para uma venda nesta categoria. O outro embrião foi adquirido por R$ 380 mil pela Cabanha Sorsul, de Horizontina (RS).

Para o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que comandou as vendas, avalia que o resultado foi acima das projeções iniciais, mas não surpreende porque o trabalho desenvolvido pela Lagoa do Sol prima pela alta qualidade e pelo profissionalismo. “O resultado se justifica em função do material de qualidade e do evento promovido. Quem investe em qualidade e é criterioso tem um retorno garantido”.

Proprietário da cabanha e promotor do Tropa de Elite, Cláudio Curi comemorou o resultado do evento e classificou como o fruto de um trabalho forte de investimento seguro na raça Crioula. “É um grande negócio. Para quem gosta de ter um investimento seguro é um bom negócio. Quem quiser repensar os seus negócios, acredite na raça Crioula”, define.

Silva analisa ainda que o resultado do leilão pode ajudar a balizar o mercado da raça Crioula para o restante do ano, especialmente para as vendas na Expointer. “Para os leilões que vem pela frente este resultado vai repercutir muito bem. Estamos muito animados e achamos que os leilões da temporada, começando pela Expointer, vão ser muito bons”, destaca.

Os animais adquiridos no leilão ainda poderão receber uma premiação especial e inédita. Aqueles registrados com o afixo da cabanha e que vencerem o Freio de Ouro ou os grandes campeonatos morfológicos na Expointer em qualquer temporada a partir de agora podem ganhar prêmios que vão de US$ 10 mil até US$ 50 mil para os primeiros colocados.

Informações AgroEffective 

Assessoria de Comunicação da Trajano Silva Remates

Foto: Marco Quintana/Divulgação

 

Deixe um comentário

Seu comentário será publicado se estiver de acordo com as políticas de publicação do site. Seu e-mail não será publicado.