Faturamento do Leilão da Cabanha São Carlos chega a R$ 1,81 mi

Foi realizado na noite do último sábado (19), em Cruz Alta (RS), o remate de liquidação total da Cabanha São Carlos, que ofertou 37 lotes de animais da raça Crioula e 12 lotes de bovinos da raça Charolês. Ao todo, o leilão teve faturamento de R$ 1,81 milhão na venda de todos os lotes.

Somente na raça Crioula, a receita obtida com as vendas dos 37 lotes foi de R$ 1,77 milhão, o que dá uma média de R$ 48,05 mil por lote comercializado. Já na raça de bovinos Charolês, o valor foi de R$ 36 mil, com média de R$ 3,02 mil na venda de onze fêmeas e um touro.

Apesar do trabalho da Cabanha São Carlos ser bastante reconhecido no Rio Grande do Sul, a família Abreu, optou por liquidar os seus plantéis para manter o foco apenas na agricultura, onde também são reconhecidos pela excelência dos cultivos.

Entre os cavalos crioulos ofertados na liquidação estavam nomes como:

Índio de São Carlos
Filho de JLS Hermoso X Ita Doçura

Inédita de São Carlos
Filha de JLS Hermoso x RZ Amorossa da Carapuça

RZ Amorossa da Carapuça
Filha de BT Lamborguine X Paleteada do Amanhecer

RZ Tediosa da Carapuça
Filha de BT Lamborguine X Rama Negra 1565 de São Bibiano

Inhapa do Carrachi
Filha de La Invernada Pascuero X Abatira do Inhanduvá

Autor: Vicenzzo Vicchiatti, com informações da AgroEffective

Deixe um comentário

Seu comentário será publicado se estiver de acordo com as políticas de publicação do site. Seu e-mail não será publicado.