Cavalo Crioulo será destaque no Uruguai nesta semana

O Uruguai recebe entre os dias 11 a 14 de maio, classificatória para modalidade da raça Crioula.

O evento, promovido pela Sociedad de Criadores de Caballos Criollos del Uruguay, será realizado no Parque de Exposições do Prado, em Montevidéu, e faz parte da programação da Expo Otoño Equinos 2017, décima terceira Festa do Cavalo no Prado.

Conforme Rodrigo Py, que será um dos jurados com Carlos Marques Gonçalves Neto e Gustavo Weiand, a expectativa para a competição é a melhor possível, pois há bastante tempo o Uruguai está integrado dentro do Freio de Ouro.

“No início do processo os criadores do país abriram as portas para a genética e a mão-de-obra do Brasil. Com isso os uruguaios tiveram uma evolução muito rápida e se consolidaram no cenário, com animais premiados e participação na final”, salienta.

Informações AgroEffective

Chinchador Sombrero é destaque em competição no RJ

Chinchador Sombrero, exemplar da raça Crioula que vem participando das gravações da novela “Novo Mundo”, disputou uma etapa do campeonato Carioca de Team Penning e Ranch Sorting. O animal, montado pelo seu criador, André Machado, ficou em primeiro lugar no Team Penning, prova disputada em trio, em competição na cidade de Sapucaia (RJ) no último final de semana.

Conforme Machado, Sombrero estava há seis meses sem participar de disputas que envolvem gado, se preparando para as gravações. Aproveitando um intervalo nas filmagens, decidiu colocar o cavalo para disputar a prova. E juntamente com Valdevino Santos montando OK Carabina e Carla Castro montando Campeira do Capão Redondo, levaram a primeira colocação. “Muita gente pela curiosidade queria conhecer o Sombrero e por isso fomos para a prova. É um cavalo que é craque nas pistas, com mais de dez primeiros lugares nas provas disputadas”, salienta.

Antes da novela “Novo Mundo”, onde contracena com Caio Castro, o cavalo, de propriedade da Cabanha Don Diló, de Cachoeiras de Macacu (RJ), atuou ao lado de Rafael Cardoso, que vivia o personagem Conde Felipe, em “Além do Tempo”.

Informações AgroEffective

Bagé (RS) recebe evento de cavalos Crioulos a partir desta quinta

Considerada uma das regiões mais tradicionais do Cavalo Crioulo no país, Bagé (RS) recebe neste próximo final de semana mais uma etapa das Exposições Passaportes que classificam exemplares para a Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS).

De 4 a 6 de maio, na Associação Rural do Município, ocorre o evento do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé, que integra a trigésima sétima Exposição da Raça Crioula no município.

Conforme o presidente do Núcleo, Luis Mario Dias, a expectativa é de uma exposição com grande participação de criadores e expositores. A programação terá outras atrações como um ciclo de palestras, organizado em conjunto com a Comissão Jovem da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), onde participam o superintendente do Setor de Registro Genealógico da entidade, Frederico Araújo, a criadora Márcia Linhares e o jurado André Narciso Rosa, que será o responsável pelo julgamento da Passaporte. “Temos uma parceria grande com as universidades de veterinária que temos em Bagé, o que deve atrair público”, ressalta.

Além da exposição e do ciclo de palestras, também será realizado um leilão de coberturas dos principais garanhões da raça Crioula. Organizado pela ABCCC, o circuito da Morfologia 2017 conta com os patrocínios de Supra, Vetnil e Banrisul, além do apoio da Laurentia.

Confira a programação

4 de maio de 2017 (Quinta-Feira)

8h – Entrada dos animais
15h – Concentração de Machos
18h – Admissão da Morfologia Passaporte
19h – Ciclo de Palestras “Aspectos Morfológicos da Raça Crioula”

5 de maio de 2017 (Sexta-Feira)

8h – Início da Exposição Morfológica
12h – Almoço
14h – Continuação do Julgamento
19h – Coquetel de Confraternização e Leilão de Coberturas

6 de maio de 2017 (Sábado)

8h – Continuação da Exposição
12h – Almoço e Entrega de Prêmios
19h – Leilão Cinco Salsos

Informações AgroEffective

Cavalo Crioulo é destaque em Minas Gerais

A cidade de Uberaba (MG) recebe nos dias 4 e 6 de maio, a II Exposição Passaporte para a Nacional da Morfologia, promovida pela ABCCC, que ocorre em Esteio (RS).

O evento ocorre no Parque Fernando Costa, durante a Expozebu. A expectativa da organização é de que o número de animais participantes aumente em relação ao ano passado, que foi de 44 exemplares.

O julgamento ficará a cargo de Francisco Martins Bastos Sobrinho. Organizado pela ABCCC, o circuito da Morfologia 2017 conta com os patrocínios de Supra, Vetnil e Banrisul, além do apoio da Laurentia.

Confira a programação

4 de maio de 2017 (Quinta-feira)

10h – Início da admissão dos animais
14h – Concentração de Machos

5 de maio de 2017 (Sexta-feira)

13h – Início do Julgamento Morfológico Incentivo
14h – Início do Julgamento Morfológico Passaporte
19h30min – Leilão de Coberturas

6 de maio de 2017 (Sábado)

8h – Continuação Julgamento Passaporte
11h – Final do grande campeonato Passaporte 2017.
14h – Confraternização de encerramento

Informações AgroEffective

Fábio Rochemback, ex-jogador da dupla Gre-Nal, investe no Cavalo Crioulo

Ex-jogador da dupla Gre-Nal e de times do futebol mundial como Barcelona, da Espanha, e Sporting, de Portugal, Fábio Rochemback aos poucos vai trocando a vibração dos gramados pelo movimento das pistas do Cavalo Crioulo. No último final de semana o ex-volante, com passagem também pela Seleção Brasileira, esteve acompanhando de perto a final Nacional do Crioulaço, prova que reúne laçadores e que foi promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

Rochemback explica que depois de se aposentar dos campos decidiu olhar mais de perto as competições e investir em cavalos da raça Crioula. “Depois que parei de jogar futebol, comecei conhecendo pessoas que me influenciaram a investir na raça e estou gostando. Já tinha alguns animais e criava cavalos. Quando aparece algum animal bom estamos investindo, e todo o investimento é positivo. Espero seguir neste meio por muito tempo”, ressalta.

O ex-meio campista, que foi recebido pelo presidente da ABCCC, Eduardo Suñe, não descarta no futuro participar como criador de competições do Cavalo Crioulo.

Informações AgroEffective

Leilão visa arrecadar recursos para Centro de Equoterapia em Jardim

O Centro de Equoterapia Passo a Passo e o Sindicato Rural de Jardim promovem no dia 30 de abril, a partir das 11 hboras, a 3ª edição do leilão beneficente com almoço, no Tatersal de Elite de Jardim (MS).

A iniciativa tem objetivo de arrecadar recursos para o funcionamento do projeto social que, desde 2015, atende crianças, jovens e adultos com deficiência ou necessidades especiais, utilizando o método terapêutico com cavalos.

Com apoio do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS e Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, a equipe atende atualmente 40 praticantes que participam de aulas semanais ou quinzenais.

Desde a primeira edição do leilão, a coordenação conta com a participação ativa da comunidade, produtores rurais e empresários que doam vários produtos arrematados no evento.

Serviço – Os interessados em contribuir com o Centro de Equoterapia Passo a Passo podem entrar em contato com o Sindicato Rural de Jardim pelo telefone (67) 3251-1907 ou diretamente com Paulo Bózoli, no telefone (67) 9986-5085.

Informações  Famasul

Leilão de Cavalos Crioulos fatura mais de R$ 1 milhão em SC

O Leilão Alianças de Ouro, realizado no dia 22 de abril, em Campo Alegre (SC) teve faturamento de mais de R$ 1,1 milhão na venda de 41 lotes da raça Crioula.

A média também foi positiva, fechando em R$ 26,7 mil.

Entre os destaques está a venda da égua Olenka da Bela Aliança, comercializada pelo valor de R$ 180 mil. Ela é irmã inteira do cavalo Namorador da Bela Aliança, um dos principais nomes da Cabanha e foi grande campeã da Exposição Crioulos do Amanhã 2015 e grande campeã da Alvorada 2016.

De acordo com o diretor da Trajano Silva Remates, Gonçalo Silva, o remate foi um sucesso, especialmente nas fêmeas, com médias acima de R$ 30 mil. Lembra também que o leilão atraiu investidores do país e do Mercosul. “Tivemos clientes do Mato Grosso, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Além disso tivemos investidores argentinos que compraram dois animais por altas somas e lançando até os últimos lances nas éguas de ponta”, salienta.

Informações AgroEffective

Cavalos Crioulos estarão em evidência em Pelotas (RS)

Começa nesta quinta-feira (20), em Pelotas (RS), mais uma etapa Passaporte para a Final Nacional da Morfologia, que acontece em Esteio (RS) no segundo semestre.

Promovido pelo Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos, e realizado na sede da Associação Rural de Pelotas, o evento deve classificar mais oito exemplares – quatro machos e quatro fêmeas – para a decisão no Parque de Exposições Assis Brasil.

O julgamento ficará a cargo de Mauro Raimundi Ferreira.

Veja a programação:

20 de abril de 2017 (quinta-feira)

15h – Concentração de Machos
19h – Remate Cabanha Mapuche

21 de abril de 2017 (sexta-feira)

7h – Admissão Técnica
10h – Julgamento da Categoria Incentivo
12h – Almoço no Núcleo
14h – Julgamento Morfológico (machos e fêmeas)
17h – Admissão de Animais a Campo
19h – Confraternização no Núcleo

22 de abril de 2017 (sábado)

9h – Continuação Julgamento Morfológico (animais a campo e castrados)
11h – Inauguração da Série “Monumentos ao Freio de Ouro”, de Fábio Cazaubon Soares
14h – Julgamento de Campeonatos e Grande Campeonato
19h – Confraternização e Entrega de Prêmios

Organizado pela ABCCC, o circuito da Morfologia 2017 conta com os patrocínios de Supra e Vetnil e também com o apoio da Laurentia. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas pelo e-mail nucleosudesteccc@gmail.com ou pelos telefones (53) 3273.3414 e (53) 99999.2522.

Informações AgroEffective

Novos criadores se destacam na criação de cavalos crioulos

Os resultados do ultimo Bocal de Ouro apresentaram novos nomes no mundo do Cavalo Crioulo. Criadores há pouco tempo na atividade já estão despontando entre os primeiros colocados nas modalidades promovidas pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Profissionais que uniram o hobby e a paixão pelo cavalo com trabalho e dedicação para alcançarem o pódio nas competições. Histórias que mostram que com foco e determinação é possível atingir os objetivos dentro da atividade da raça.

Vencedor do Bocal de Ouro com a égua AM Gaita, Sérgio Augusto Amaral é empresário no ramo de armazenagem de grãos. Antigamente convivia com o cavalo na fazenda dos pais, agricultores. Pelos filhos, decidiu novamente cultivar as raízes do campo. Hoje a Sol Brilhante tem uma manada de cerca de 40 animais. O detalhe é que AM Gaita foi comprada para ser um presente de aniversário para um de seus filhos. “Compramos esta égua em um leilão de animais em Uruguaiana. No dia seguinte ela ganhou o campeonato de incentivo das fêmeas durante uma exposição. Era a mimosa da Cabanha, pois foi um dos primeiros animais adquiridos”, conta.

Depois AM Gaita foi para doma e treinamento, onde ficou seis meses em preparação. Amaral explica que se cercou de profissionais especializados e consultoria para criar um projeto para a cabanha Sol Brilhante, focada em um trabalho de gestão empresarial, assim como faz com a própria empresa de armazenagem, e o primeiro resultado – antes do esperado – foi o título do Bocal de Ouro no dia 9 de abril. O criador analisa que a vitória para uma cabanha de sete anos que fica em Frederico Westphalen (RS) vai incentivar outros projetos na região. “Esperamos também valorizar ainda mais o trabalho dos nossos colaboradores e também os nossos animais”, salienta.

Servidor público do Estado de Santa Catarina, Anastácio Vitória começou há cerca de sete anos na criação de Cavalos Crioulos. Montou a fazenda com seu sobrenome no município de Joinville (SC) e comprou algumas éguas para criar. Mas percebeu que precisava de um garanhão para a cria. Foi neste momento que Harmonia Ultimato entrou na vida do criador. “Sempre ouvia falar no Ganadero da Harmonia e o Harmonia Temprano vinha se destacando, procurei um animal com esta genética. Mas a nossa ideia era usar ele apenas como pai da Cabanha. Depois do Freio de Ouro do Temprano, decidimos testar o animal e ver o que acontecia”, ressalta.

E o resultado foi o Bocal de Ouro nos machos, repetindo o feito do irmão inteiro. Vitória enfatiza a confiança no cavalo pela sua genética e pelo seu treinador, o ginete Zeca Macedo. A esperança para o futuro são filhas de Ultimato, no qual o criador acredita que poderão ainda dar alegria nas pistas do Freio de Ouro e de outras modalidades da raça Crioula. Mas no momento o foco está em repetir o título do irmão Temprano. “Ia ser uma injustiça se eu não levasse ele para a prova. Ia viver no anonimato quando é um cavalo que é uma potência”, observa.

Há cinco anos na raça Crioula, Éverson Luciano da Rosa, da Cabanha Estribeira, de Novo Hamburgo (RS), afirma que no início o Cavalo Crioulo foi apenas um hobby, onde os animais foram adquiridos para o lazer do final de semana. Mas o gosto foi tanto que a decisão foi a de se aprofundar e entrar nas competições da raça. Profissional do ramo calçadista, lembra que procuravam um animal bom de morfologia quando surgiu Feitiço Cavalera. “Desde que era potro o cavalo vinha se apresentando bem em exposições, então resolvemos comprar ele. Nos apaixonamos por ele e vimos futuro. Não via a hora de colocar ele na prova”, coloca.

E não deu outra. O cavalo foi Bocal de Prata e carimbou sua vaga para a final do Freio de Ouro. Rosa afirma que o resultado foi satisfatório e era esperado este bom resultado. A meta é continuar trabalhando firme para os próximos anos. “Temos para o ano que vem outro cavalo que vem sendo preparado. A cabanha é um sonho que vem se realizando. Já estamos na expectativa de um dia correr com um cavalo da nossa marca”, diz.

A médica veterinária Samantha Stolte está há três anos na raça Crioula. Já tinha antes criação de outras raças, como a Puro Sangue Lusitano. Apesar de vir de família de engenheiros mecânicos, sempre foi apaixonada por cavalos e tem equinos desde os 14 anos. Há pouco mais de dois anos adquiriu a égua Jotace Tenteadora, que foi a primeira a receber o Bocal de Alpaca, premiação criada pela ABCCC neste ano para o quarto colocado na competição. “No mesmo momento que vi a Tenteadora, me apaixonei, senti aquele friozinho na barriga e sabia que era ela. Essa gateada só trouxe alegrias. O treinador e ginete Volmir Guimarães vem fazendo um excelente trabalho com ela e sente muita confiança nela”, revela.

Proprietária da Agropecuária Alpha, de Porto Alegre (RS), Samantha informa que no criatório possui atualmente cerca de 30 éguas de cria, potros, potras e alguns reprodutores. O desejo, a partir de agora, segundo a criadora, é ter animais nas provas com a marca da propriedade. “Em breve os primeiros produtos da marca Alpha vão iniciar suas carreiras nas pistas da raça”, afirma.

Nas regiões de fomento da raça Crioula, novos criadores vem se destacando. É o caso de Vitor Barbosa Penner, empresário do setor de transportes em Goiânia (GO) e criador de Cavalos Crioulos há seis anos, proprietário da Cabanha Gameleira, em Bela Vista de Goiás (GO), que conquistou o sexto lugar e a vaga na grande final com o cavalo Indivíduo da Cabanha Santa Fé. “Este cavalo foi comprado antes de um ano de idade da cabanha Santa Fé, de Taquara (RS). Gostávamos deste cavalo pela genética e acreditávamos demais na funcionalidade deste cavalo. É um cavalo de coragem”, observa.

Para Penner, há um desenvolvimento muito grande do Cavalo Crioulo no Centro-Oeste, especialmente com o trabalho realizado pelo núcleo de criadores do Distrito Federal em fomentar as competições da raça na região. O Centro-Oeste estava representado no Bocal de Ouro com três animais, sendo dois meus, e classificamos este cavalo para a final. Foi uma emoção muito grande chegar nesta conquista. Temos mais quatro animais credenciados e esperamos colocar mais algum na final do Freio de Ouro”, destaca.

Fotos: Fagner Almeida/ABCCC/Divulgação
Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

Campo Verde (MT) sedia Exposição Morfológica de Cavalos Crioulos em julho

O Núcleo Matogrossense de Criadores de Cavalos Crioulos (NMTCCC) em parceria com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) realizam nos dias 14 e 15 de julho, em Campo Verde (MT), a 4ª edição da Exposição Morfológica Passaporte da Raça Crioula.

O evento será realizado no Parque de Exposições Marco Antônio da Rocha, dentro da programação da 18ª EXPOVERDE – Exposição Agropecuária e Industrial do município.

Organizadores estimam a participação de 60 animais no evento. Destes serão classificados 8 exemplares que disputarão a Expointer, evento que acontece em agosto, em Esteio (RS), sendo 4 machos e 4 fêmeas.

Luís Fernando Guerreiro, presidente do NMTCCC, revela que “o Cavalo Crioulo tem conquistado a cada dia o seu espaço nesse imenso estado, quer seja na lida de campo ou no esporte. Temos notado uma grande procura pelos animais, principalmente pela rusticidade e docilidade”.

Além da Exposição Morfológica, Guerreiro revela que a raça é apta para participar de outras provas. “Temos hoje muitos animais participando das provas de laço no estado, e esperamos em breve termos outras provas acontecendo, onde o Cavalo Crioulo terá também o seu destaque”.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (66) 3419-2832.

Leilões movimentam Bocal de Ouro 2017

De 5 a 9 de abril, a Trajano Silva Remates é a promotora dos cinco leilões que vão ocorrer durante o Bocal de Ouro, no Tatersal do Cavalo Crioulo, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS).

Para o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, o material que será ofertado pelos criatórios durante o evento é um dos melhores dos últimos anos.

“Estes leilões se caracterizam por ofertas totalmente diferenciadas, com éguas e cavalos da melhor qualidade possível, fazendo com que isto seja um atrativo importante”, observa.

Na quarta-feira, 5 de abril, ocorrerá o leilão das Cabanhas Carpe Diem e Mapocho.

Na quinta-feira, 6 de abril, será a vez do leilão Liberdade e Macanudo.

Já na sexta-feira, 7 de abril, acontecerá o leilão Don Marcelino, que terá um lote doado para a Santa Casa de Uruguaiana (RS).

No sábado, 8 de abril, será realizado o leilão Cabanha Malke.

Fechando, no domingo, 9 de abril, ocorrerá o leilão de Matrizes Las Misiones.

Informações sobre os eventos podem ser obtidas no pré-leilão da Trajano Silva Remates:

http://trajano.siteseguro.ws/pre_leiloes/listar_pre_leilao

Bocal de Ouro 2017 acontece nesta semana

Começa nesta terça-feira (4) a admissão dos animais que vão participar do Bocal de Ouro 2017, que ocorre entre os dias 6 e 9 de abril, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS).

O título será disputado entre 96, inéditos, cavalos Crioulos, sendo 48 machos e 48 fêmeas. Desses, 16 conjuntos podem garantir a classificação para a Final do Freio de Ouro durante a Expointer, em agosto.

Confira a programação

4/4/2016 (terça-feira)

16h – Início do Exame de Admissão Expo Outonal e Bocal de Ouro

5/4/2016 (quarta-feira)
18h – Encerramento da entrada dos animais do Bocal de Ouro
20h – Encerramento do Exame de Admissão Bocal de Ouro
21h – Remate Carpe Diem e Mapocho

6/4/2016 (quinta-feira)
9h – Julgamento Morfológico do Bocal de Ouro (Fêmeas)
14h – Julgamento Morfológico do Bocal de Ouro (Machos)
21h – Remate Macanudo e Liberdade

7/4/2016 (sexta-feira)
8h – Andaduras/Figura/VSP/Esbarradas (Fêmeas)
13h – Andaduras/Figura/VSP/Esbarradas (Machos)
21h – Remate Don Marcelino e La Castellana

8/4/2016 (sábado)
8h – Julgamento Prova de Mangueira I (Fêmeas e Machos)
14h – Julgamento Prova de Campo I (Fêmeas e Machos)
21h – Remate Cabanha Malke

9/4/2016 (domingo)
9h – Fase Final Bocal de Ouro (Mangueira II/Bayard-Sarmento/Campo II)
12h – Encerramento e entrega de prêmios do Bocal de Ouro
21h – Remate Las Missiones

Informações AgroEffective

Núcleo de Pedras Altas promove Dia de Campo

O Núcleo de Criadores de Cavalos de Pedras Altas realiza no dia 25 de março (sábado) o primeiro Dia de Campo da gestão 2017/2018.

O evento será realizado na Estância Passo da Cruz, na qual serão apresentadas as manadas da Cabanha Passo da Cruz e da Cabanha Rochares.

A partir das 09h30 o espaço abre as portas para receber os participantes. Após a apresentação e debates ao longo da manhã, será disponibilizado um serviço de almoço organizado pelo Núcleo.

As inscrições podem ser feitas através do e-mail cinchador@ibest.com.br ou do telefone (53) 9996-31740, falando com Aldo.

Informações ABCCC

Cavalo Crioulo estará presente em novela da Globo

O casting das novelas brasileiras conta novamente com um cavalo Crioulo atuando junto ao protagonista de uma trama. Depois de atuar na primeira fase de “Além do Tempo”, Cinchador Sombrero estará na nova novela das seis da Rede Globo, “Novo Mundo”, com estreia prevista para o dia 22 de março. Desta vez, o companheiro de cena será o ator Caio Castro.

Há três anos nos campos da Cabanha Don Diló, em Cachoeiras de Macacu (RJ), o exemplar do criador André Luís Vaz Machado irá integrar um cenário que remete ao século XIX, entre os anos de 1817 e 1822. Na novela passada, Cinchador Sombrero atuou ao lado de Rafael Cardoso, que vivia o personagem Conde Felipe, em “Além do Tempo”, trama que foi dividida em duas partes, passado e presente.

A oportunidade surgiu quando a produção pediu por um cavalo manso que se adaptasse ao dia a dia das gravações, cujas luzes e barulhos são fatores recorrentes. Além disso, a direção procurava por um animal com trote e encontrou em Cinchador Sombrero a oportunidade de obter esses pré-requisitos, visto que o animal já era conhecido por participar da novela anterior.

Assim, começou a jornada de treinamento. De acordo com seu proprietário, André, o ator Caio Castro teve uma semana de aula para criar sintonia com o animal e, enfim, entrar em cena. “O cavalo tem que ser dócil, se adaptar ao cenário e ser submisso. É essa diversidade da raça Crioula que encanta”, descreveu Machado ao salientar que, dentre todos os pontos fortes dos Crioulos, a morfologia é o que mais chama a atenção de quem os vê de fora. Além disso, o tratamento direcionado ao animal também gera apreço.

Além do desempenho nas telas, o cavalo da raça Crioula apresenta resultados nas pistas. Machado adquiriu Cinchador Sombrero para competir. No entanto, o cavalo mostrou que, além de atleta, é também multipotencial. Ao longo de três anos, ele soma mais de dez primeiros lugares no Team Penning, modalidade equestre que demonstra aptidão com o gado, conquistou o pódio no Ranch Sorting, prova recém chegada ao Brasil, e foi coringa duas vezes na credenciadora ao Freio de Ouro do Rio de Janeiro, principal competição do cavalo Crioulo.

Informações ABCCC

Leilão de cavalo crioulo fatura mais de R$ 3 milhões em vendas

Celebrando os 30 anos de trabalho voltado para o cavalo Crioulo, a Cabanha São Rafael comemora o bom resultado nas vendas de seu vigésimo-segundo leilão, realizado no dia 11 de março, na sede em Balsa Nova (PR).

Com o recinto lotado, o leilão alcançou um faturamento de R$ 3,2 milhões na comercialização de 63 animais e alcançando uma média geral de R$ 50,76 mil por lote.

De acordo com o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que foi o responsável pelas vendas na noite, uma das surpresas foi o grande número de novos compradores no leilão, mostrando que há espaço no mercado. Como o leilão é um balizador do ano de vendas da raça Crioula, projeta também um cenário positivo para quem tiver genética reconhecida. “Quando tivermos qualidade de oferta em pista como a que tínhamos neste remate da São Rafael, acreditamos que teremos resultados positivos como o deste final de semana”, observa.

O destaque da noite nas vendas foi a égua Naia do Purunã, grande campeã da Expointer em 2004, comercializada ao valor de R$ 340 mil.

Parte da renda do leilão será revertida para a criação do Instituto Purunã, entidade idealizada para desenvolver o fomento, no âmbito turístico, de novos empreendedores e capacitar pessoas através da educação com vocação plena à sustentabilidade e ao ecoturismo, onde todo o trabalho será ligado pela preservação do meio ambiente e da cultura dos tropeiros, em atividades relacionadas ao cavalo.

Informações AgroEffective