Brasil dá show e mantém hegemonia no Freio de Ouro da FICCC

O Brasil mais uma vez conquistou o lugar mais alto do pódio na disputa do Freio de Ouro da Federação Internacional de Criadores de Cavalos Crioulos (FICCC). A prova, realizada na última sexta-feira (27), na Sociedade Rural de Palermo em Buenos Aires, na Argentina, teve como destaque o domínio dos conjuntos brasileiros. Sagraram-se campeões em suas categorias, a fêmea Capanegra Oña Guinda e RZ Revuelto Cristal da Carapuça.

As provas foram bastante disputadas, o que levantou o público que lotava as arquibancadas do pavilhão. Além dos vencedores em ambas as categorias, o Brasil também garantiu as principais colocações na prova.

Nas fêmeas, a supremacia foi total. Além da vencedora Capanegra Onã Guinda, o segundo lugar ficou com Jotace Tranca, o terceiro com Divisa de Los Campos e na quarta posição ficou Sananduva do Salton.

Já nos machos, o único “intruso” no pódio brasileiro foi o argentino Melideo Fugitivo que ficou na terceira posição. Já o campeão RZ Revuelto Cristal da Carapuça, o segundo lugar com Balaqueiro do Nonoai e a quarta posição com Harmonia Temprano, também foram verdes e amarelas.

 

Vicenzzo Vicchiatti, com informações da AgroEffective

Foto: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação

Deixe um comentário

Seu comentário será publicado se estiver de acordo com as políticas de publicação do site. Seu e-mail não será publicado.