Alimentação é fator para melhor rendimento de cavalos

De acordo com reportagem publicada pelo site Rural BR, a alimentação adequada para cavalos atletas foi tema da entrevista da médica veterinária Cláudia Ceola na quarta, dia 10, ao quadro Prática Rural, do Bom Dia Campo. A especialista explica que há três fatores fundamentais para o bom desempenho de cavalos de hipismo ou corrida: aptidão genética, bom treinamento e boa alimentação. Dos três, a alimentação é o principal fator a contribuir para alta performance dos cavalos.
– Não adianta um cavalo ter aptidão e bom treinamento se não tiver o combustível certo para o animal – diz Cláudia Ceola.
Ela explica que, como todo cavalo, os animais precisam de proteínas, vitaminas, minerais e energia. A diferença principal na alimentação dos cavalos comuns e os atléticos está na quantidade de energia e proteína necessárias na alimentação. Para os cavalos utilizados em esportes e competições, é necessário uma quantidade maior de energia na ração, obtida pela de gordura e carboidratos advindos de insumos como óleo vegetal, aveia e milho. Os cuidados com a alimentação devem, inclusive, começar durante a gestação.
– No terço final da gestação, o nutriente essencial para o crescimento do potro é a proteína. A égua precisa receber mais proteína para se manter e para desenvolver o potrinho. Após o nascimento, o potrinho segue com alimentação rica em proteína para garantir que seu desenvolvimento seja completo.
Segundo a médica veterinária, a alimentação muda na fase da doma, quando se diminui a quantidade de proteína e se aumenta a quantidade de energia na ração. A fonte e a quantidade de energia depende, ainda, do tipo de exercício físico do animal, se é uma atividade de explosão ou resistência.

Deixe um comentário

Seu comentário será publicado se estiver de acordo com as políticas de publicação do site. Seu e-mail não será publicado.