ABCCC divulga resultados de classificatórias e de Freio da FICCC

Considerada a “Copa do Mundo” do cavalo Crioulo, a ExpoFICCC, seletiva que reúne os melhores animais da raça da América latina em algumas das principais modalidades em que este compete, encerrou no domingo dia 27 de maio com a consagração dos animais criados no Brasil. Organizada pela Federação Internacional de Criadores de Cavalos Crioulos (FICCC) de forma itinerante e trianual, a edição deste ano teve como sede Montevidéu, no Uruguai.

O evento teve início no dia 21 e promoveu disputas nas modalidades Freio de Ouro, Movimiento a La Rienda, Enduro, Paleteada Internacional e ainda uma Exposição Morfológica. O grande público que esteve presente desde o primeiro dia no Parque Rural do Prado assistiu à apresentação de animais de alta qualidade, muito elogiados pelos jurados, em provas de excelente nível competitivo.

Decisão na última corrida
A classificatória ao Freio de Ouro brasileiro, realizada em paralelo à disputa do Freio de Ouro da FICCC, foi repleta de emoção do início ao fim. Com a participação de 17 animais (12 fêmeas e cinco machos) a prova teve grande alternância de posições e só foi decidida na paleteada final, que encerrou garantindo a vaga na final do Freio à duas fêmeas e três machos.

Tinideira do Purunã montada por Antonieto Rosa

Entre as fêmeas Tinideira do Purunã ficou em primeiro lugar com 19,556 e rendeu à Antonieto Rosa o título de ginete destaque da prova. Em segundo lugar ficou Ressolana do Purunã, montada por Daniel Teixeira, com 18,602. Nos machos os classificados são Lanceiro Simpatia montado por Felipe Silveira, com 19,201; Idioma Tupambaé montado por Raul Lima, com 18,336 e o uruguaio Jaguel Frenazo, montado por Claudio Fernandez, com nota final 18,234.

“Foi uma classificatória de muito bom nível com destaque às éguas, que estavam em maior quantidade e mostraram bom aproveitamento. Os dois cavalos que passaram também são muito bons e mereceram”, analisou Rodrigo Albuquerque Py, jurado da prova junto de Francisco Kessler Fleck e Ciro Manoel Canto de Freitas.

Lanceiro Simpatia montado por Felipe Braga Silveira

 

 

 

 

 

Freio de Ouro da FICCC consagra campeões

No Freio de Ouro da FICCC, o nível equilibrado entre consagrados competidores foi comemorado pelo público que vibrou a cada esbarrada, giro e paleteada executada com extrema habilidade. A disputa encerrou no início da noite com a consagração de dois grandes vencedores da raça. Entre os machos o campeão foi Pampa de São Pedro montado por Lindor Collares Luiz, com nota 20,728, e entre as fêmeas a vencedora foi Herança do Carrachi

Pampa de São Pedro montado por Lindor Collares Luiz

montada por Fábio Teixeira da Silveira, com a nota final 20,643.

Herança do Carrachi montada por Fábio Teixeira da Silveira

“O Pampa mostrou que é um cavalo chegador, que não se entrega. Das sete provas que ele competiu em toda a vida, ele ganhou seis. Na única que perdeu ficou em segundo, com o Freio de Prata”, elogiou a proprietária de Pampa de São Pedro, Márcia Linhares, da cabanha GAP São Pedro, de Uruguaiana/RS.
A emoção da vitória também foi grande entre os proprietários de Herança do Carrachi. “Ela é uma égua maravilhosa, fantástica, foi Bronze em 2010 e ficou em 4º lugar em 2011. Agora mostrou que segue em alto nível e isso nos gratifica muito”, comemorou Aldo Vendramin, da Estância Vendramin de Palmeira/PR.

Resultado da classificatória ao Freio de Ouro

Machos
1º Lugar
Lanceiro Simpatia, filho de Santa Elba Señuelo e BT Geada; criador Condomínio Rural Waldyr Leite Paiva & Filho e expositor Marcelo Berrutti, Cabanha Cerro de Los Cardos
Ginete: Felipe Silveira
Nota: 19,201

2º Lugar
Idioma Tupambaé, filho de Cincerro de Santa Angélica e Dachila Tupambaé; criador Oswaldo Dornelles Pons e expositor Luciano de Oliveira Silva, Cabanha Fazenda da Canoa
Ginete: Raul Lima
Nota: 18,336

3º Lugar
Jaguel Frenazo, filho de RD Escorpião e BT Destacada do Junco; criador e expositor Green Belt S.A., Cabanha Septiembre
Ginete: Claudio Fernandez
Nota: 18,234

Fêmeas
1º Lugar
Tinideira do Purunã, filha de Muchacho de Santa Angélica e Lenda do Purunã; criador Mariano Lemanski e expositor Volmir Colla José Colla, Cabanha Cola Crioula
Ginete: Antonieto da Rosa
Nota: 19,556

2º Lugar
Ressolana do Purunã, filha de Hércules do Purunã e Denúncia do Itapororó; criador e expositor Mariano Lemanski, Cabanha São Rafael
Ginete: Daniel Marim Teixeira
Nota: 18,602

Resultado do Freio de Ouro da FICCC

Machos
1º lugar
Pampa de São Pedro, filho de Santa Elba Comediante e Hornada Simpatia; criador e expositor Eduardo Macedo Linhares, Cabanha GAP São Pedro – Brasil
Ginete: Lindor Collares Luiz
Nota: 20,728

2º lugar
RZ Revuelto Cristal da Carapuça, filho de Chicão de Santa Odessa e BT Abadessa; criador Rubens Elias Zogbi e expositor Luizantero P. Peixoto e Filhos e Vitélio Rigão, Fazenda Tarumã e Estância da Conquista – Brasil
Ginete: Daniel Marim Teixeira
Nota: 20,415

3º Lugar
Los Hermanos Cimarron, filho de Ganadero da Harmonia e Quatiara da São Leopoldo; criador Fernando Moraes de Mello e Irmãos e expositor Estância Nazareth, Cabanha HMP e CB, Cabanhas Nazareth, HMP e CB – Brasil
Ginete: José Fonseca Macedo
Nota: 20,150

4º Lugar
Balaqueiro do Nonoai, filho de SBT Custódio e Etiqueta Tambaé; criador Fábio Vaccaro e expositor Condomínio Balaqueiro, Cabanhas Santa Luzia e Turra – Brasil
Ginete: Cezar Augusto Freire
Nota: 19,254

5º Lugar
Quatrilho do Purunã, filho de Dom Carrasco do Purunã e BT Baronesa; criador Mariano Lemanski e expositor Cabanha Santa Brigida, Cabanha Santa Brigida – Brasil
Ginete: Márcio Maciel
Nota: 19,178

6º Lugar
Manotaço do Infinito, filho de El Trapiche T. Maqui e BT Ostra do Junco; criador Roberto Sidney Davis Junior e expositor Paola Bacchin Schneider, Agropecuária Quitaúna – Brasil
Ginete: Raul Lima
Nota: 18,650

Fêmeas
1º Lugar
Herança do Carrachi, filha de La Invernada Pascuero e Barbela do Itapororó, criador Altemo Gomes de Oliveira e expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin – Brasil
Ginete: Fábio Teixeira da Silveira
Nota: 20,643

2º lugar
Fantasia Cala Bassa, filha de Chicão de Santa Odessa e Forquilha do Capão Redondo; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa – Brasil
Ginete: Marcelo Móglia
Nota: 20, 283

3º lugar
Firmeza 1278 do 1040, filha de Piraí 1040 do Brazão e Piraí 730 do Édipo; criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza – Brasil
Ginete: Marcelo Móglia
Nota: 19,726

4º lugar
RZ Reclusion da Carapuça, filha de BT Lamborguine e RZ Africana; criador Rubens Elias Zogbi e expositor David Siqueira Cavalcantti Junior, Cabanha Dona Albertina – Brasil
Ginete: Cezar Augusto Freire
Nota: 19,529

5º lugar
Respeitada da Republica, filha de Camb Toncho e Jogatina da República; criador Luiz Felipe Martins Bastos e expositor Luiz Felipe Martins Bastos e Hélio Ribeiro, Estância Nazareth e Cabanha HMP – Brasil
Ginete: José Fonseca Macedo
Nota: 19,025

6º lugar
Calandria Poral, filha de Santa Elba Granizo e Poral 254; criador e expositor José M. Campiotti, Cabanha Don Poro – Uruguai
Ginete: Juan Pablo Gonzalez
Nota: 18,897

7º lugar
Capanegra Jocasta, filha de Hilário do Purunã e Capanegra Queimada; criador e expositor Fernando Dornelles Pons, Cabanha Capanegra – Brasil
Ginete: Lindor Collares Luiz
Nota: 18,737

8º lugar
Coe Artiguense, filha de Mañanero Abanico e Mañanero Arriera; criador e expositor Glencoe S.G., Cabanha Santa Maria – Uruguai
Ginete: Marcelo Móglia
Nota: 18,697

9º lugar
Ñandu Tenebrosa, filha de Basco El Símbolo e Ñandu Yancamil; criador Maria M. Ballester de Tronconi e expositor Juan Victor Tronconi Ballester, Cabanha Las Mulitas – Argentina
Ginete: Cristian Aguilera
Nota: 18,339

Informações: Douglas Saraiva – ABCCC
Fotos: Felipe Ulbrich  

Deixe um comentário

Seu comentário será publicado se estiver de acordo com as políticas de publicação do site. Seu e-mail não será publicado.