ABCCC divulga números de vendas de cavalos crioulos em 2013

A comercialização da raça Crioula em 2013 chegou a R$ 183,17 milhões, um crescimento de 8,64% em relação às vendas de 2012, que totalizaram R$ 168,59 milhões. Os números foram divulgados nesta quarta-feira, dia 29 de janeiro, pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

Os valores são referentes às vendas em remates realizados no período, que atingiram R$ 100,75 milhões, e as vendas particulares, estimada em R$ 82,41 milhões. Os valores das negociações fora dos leilões foram calculados com base no número de transferências excedentes à venda nos remates, multiplicado por um valor correspondente à 30% da média dos valores unitários dos animais comercializados nos leilões.

O resultado foi considerado positivo pelo presidente da ABCCC, Mauro Ferreira. Segundo o dirigente da entidade, é reflexo do crescimento da raça Crioula em todo o país que vem evoluindo em manada, número de criadores e eventos e provas.

“A raça cresce de uma forma sustentada e firme, mas ainda temos muito mais a crescer. Temos nossa manada concentrada no Sul e ainda temos todo o Brasil para crescer de forma que nossos investimentos são no sentido de expandir a raça para o Centro do país e abrir mercado”, salienta.

Conforme Ferreira, a expectativa para os próximos anos é manter o ritmo de crescimento da raça Crioula. No ano de 2013 também foram registrados recordes na valorização de animais, que chegaram a ultrapassar os R$ 10 milhões depois da venda de cotas e coberturas em leilões. Além disso, remates organizados por criadores tiveram valores expressivos, chegando a mais de R$ 7 milhões, número acima de toda a comercialização do Cavalo Crioulo em 2000, que foi de R$ 6,54 milhões.

Informações: Assessoria de Comunicação ABCCC

Foto: José Guilherme Martini/Divulgação

Deixe um comentário

Seu comentário será publicado se estiver de acordo com as políticas de publicação do site. Seu e-mail não será publicado.